Projeto limita formação de blocos na Câmara

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 18 de maio de 2007 as 12:43, por: cdb

A Câmara analisa o Projeto de Resolução 03/07, do deputado José Carlos Aleluia (DEM-BA), que impede os partidos de participar de dois ou mais blocos em uma mesma legislatura (quatro anos).

A proposta altera o Regimento Interno da Câmara dos Deputados, que hoje estabelece essa proibição apenas para a mesma sessão legislativa, que dura um ano.

De acordo com o texto, o partido que integrava bloco parlamentar dissolvido, ou que dele se desvincular, não poderá constituir ou integrar novo bloco na mesma legislatura. “A iniciativa fortalece os partidos e o princípio da ética, tão reclamada nos últimos tempos”, argumenta Aleluia.

Renovação

Segundo o parlamentar, em um momento em que a população reivindica renovação no Parlamento brasileiro, especialmente na Câmara dos Deputados, o Congresso não pode repetir o “espetáculo constrangedor” do início desta legislatura, em que muitos partidos se reuniram em blocos apenas para garantir maior espaço na mesa e nas comissões.

O parlamentar afirma que não é contra a formação de blocos. Para ele, o bloco é um expediente regimental, cuja prática deve ser até incentivada pelas lideranças partidárias, na defesa de projetos comuns, e desde que haja um mínimo de afinidade programática entre as agremiações envolvidas.

“São indesejáveis, contudo, quando se resumem, como agora, a um mero amontoado de siglas sem planos ou compromissos além da conquista de cargos nos órgãos colegiados da Casa”, argumenta.