Projeto do Espaço Crescer ganha menção honrosa em Congresso

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 14 de março de 2012 as 15:48, por: cdb

 

Atividade em grupo aproxima pais e cuidadores durante atendimento das crianças

 O Espaço Crescer – Centro de Atenção a Crianças, órgão vinculado à Secretaria Municipal de Saúde, participou na última semana do Congresso de Secretarias Municipais de Saúde do Estado de São Paulo, realizado em Marília. Na ocasião, as profissionais do Espaço Crescer apresentaram o projeto “Grupo de Sala de Espera”, que recebeu menção honrosa.
 O grupo que desenvolveu o projeto é formado pelas seguintes profissionais de saúde: Adriana Dell’Aia Coelho, Izabel Cristina Leticia Marques da Silva, Rosana Fernandes, Simonete Martins de Oliveira, e Sônia Regina do Amaral Gabriel. O projeto vai ao encontro da nova cultura de atendimento ao público da saúde, definido pelo Governo Federal, por meio do Programa Nacional de Humanização da Assistência Hospitalar. Com ele, enfatiza-se a necessidade e a importância da integração dos serviços de saúde, através da equipe multidisciplinar, com os usuários e seus familiares.
 De acordo com o grupo, nos últimos anos vive-se um processo de transformação cultural do atendimento à saúde em todas as suas fases, e não apenas no âmbito hospitalar. Com um olhar voltado para este novo modelo, as profissionais do Espaço Crescer perceberam no serviço – especializado no atendimento de crianças de 0 a 12 anos incompletos – que pais e cuidadores expressavam suas angústias e dificuldades em sala de espera, trocando experiências entre si, buscando de alguma forma soluções para seus problemas.

 As profissionais observaram também que, dessa maneira, as soluções que sugeriam uns para os outros muitas vezes não eram adequadas ou convenientes. Dessa maneira, compreenderam que uma estratégia adequada para oferecer uma assistência humanizada direta a estes cuidadores e indireta às crianças era promover uma atividade em grupo.
 Assim, o Grupo de Sala de Espera surgiu a partir dessa necessidade observada por profissionais de saúde do Espaço Crescer, de aproximação entre pais e cuidadores que permaneciam na sala de espera do serviço durante o atendimento das crianças e os profissionais.
 A formação de Grupos de Sala de Espera nos horários dos atendimentos ofertados às crianças proprociona dividir com pais e cuidadores as suas angústias e dificuldades, buscando soluções adequadas para cada situação e proporcionando, desta forma, uma assistência mais humanizada. O resultado é um vínculo entre profissionais e familiares em favor de um tratamento mais eficaz das crianças.
 O Grupo de Sala de Espera tem servido como suporte para períodos de ajustamento e crises, na manutenção e adaptação a novas situações, valorizando o potencial de cada um de seus membros, permitindo às pessoas a exploração de suas possibilidades e limites, conduzidos de perto por profissionais de uma equipe multidisciplinar. O grupo tem-se mostrado ainda um poderoso instrumento na promoção de conhecimento e saúde, influenciando com eficiência a mudança de hábitos e comportamentos.
 As reuniões dos Grupos de Sala de Espera revelam-se oportunidades ímpares de aprendizado, onde todo o tempo ocioso de espera é utilizado para o desenvolvimento de ações educativas em saúde, sendo também um espaço para compartilhamento de experiências vivenciadas diariamente pelos membros do Grupo.
 Com este trabalho, o grupo pretende apresentar respostas às perguntas que, por vezes, incomodam as equipes multidisciplinares, como: de que maneira se pode intervir para proporcionar uma mudança de hábitos e comportamentos, a fim de auxiliar na melhoria da qualidade da vida diária de clientes e seus familiares? Como se dá a aceitação da atividade em grupo por familiares e profissionais? Em quais serviços de saúde é possível realizar atividades em grupos para clientes e familiares? Essas são questões que nortearam o desenvolvimento deste trabalho e motivam a realização dos Grupos de Sala de Espera.