Projeto beneficia pequenas e médias empresas na exportação

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 16 de maio de 2003 as 01:56, por: cdb

O BNDES e Banco do Brasil (BB) pretendem incentivar as exportações de pólos produtores formados por pequenas e médias empresas.

Os bancos estatais têm a intenção de fazer isso por meio do programa especial de Arranjos Produtivos Locais, lançado nesta quinta-feira.

Eles anunciaram ainda um convênio para ampliação da distribuição do cartão BNDES, com oferta de crédito de até R$ 50 mil a empresas de pequeno e médio portes, com eliminação de burocracia e taxas mais baixas do que as de mercado.

A estimativa é de que sejam liberados este ano, pelos programas automáticos de crédito, em torno de R$ 8 bilhões.

– As taxas de juros desse estão em 1,96% ao mês na ponta da linha – disse o presidente do BNDES, Carlos Lessa.

O presidente do Banco do Brasil, Cássio Casseb, disse os projetos são instrumentos de muita importância para a política que será desenvolvida nos próximos anos.

O novo programa terá como piloto as cerca de 200 empresas do pólo produtor de lingerie de Friburgo, na região serrana do Rio.
Para Lessa, o projeto atenderá toda a cadeia produtiva. Também estão na lista, para análise, os pólos de cerâmica de Criciúma (SC) e de fruticultura de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA).