Programação cultural também fará parte do Pan

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 20 de maio de 2007 as 14:42, por: cdb

O esporte não será a única atração para os espectadores dos Jogos Pan-americanos 2007. Com uma programação especial, os museus do Rio de Janeiro e de Niterói se preparam para atrair turistas, atletas e até jornalistas estrangeiros.

Na semana passada, representantes de 60 museus se reuniram com dirigentes do departamento de Museus e Centros Culturais e do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) para elaborar uma agenda especial para o campeonato. A programação ocorre do dia 3 de julho até 25 de agosto.

Segundo o diretor do departamento de Museus e Centros Culturais do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), José do Nascimento, haverá exposições sobre a história da Rio e do esporte em locais como o Museu Histórico Nacional, o Museu Nacional de Belas Artes e o Museu da Maré.

Ele estima um aumento no número de visitações no período, demanda que deve continuar até depois da competição.

– Esse tipo de ação cria condições para que não fique pontuada apenas durante o evento. Ela cria condições para que a gente possa exercitar e ampliar, no imaginário da cidade, a presença dos museus durante o período.

Depois dos jogos, acrescentou, o COB vai doar medalhas, uniformes e outros objetos usados no evento para que a memória do Pan seja preservada nos museus.

Na avaliação dele, o campeonato é uam questão estratégica para o país.

– Tanto agora quanto para as Olimpíadas de 2016. Esperamos que a cidade esteja mobilizada e que não haja nenhuma demonstração contrária ao desejo de o Brasil ser sede dos jogos olímpicos.