Programa Municipal de Imunização avança em Viamão

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 9 de março de 2012 as 12:42, por: cdb

Nos últimos anos, a vacinação trouxe grandes avanços ao município. A evolução é resultado do trabalho realizado pela equipe do Programa Municipal de Imunização, que oferece a prevenção de doenças à comunidade, um dos aspectos mais importantes na área da saúde. Em 2011, foram 6.976 pessoas atendidas, sendo que cada uma pode ter recebido até quatro doses de vacina.

Promovido pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), o programa atende a população nas unidades e também a domicílio. “Pacientes impossibilitados de se locomoverem até um dos locais de vacinação podem agendar uma visita”, explica a secretária da SMS, Indianara Franco. Segundo ela, acamados, transplantados recentemente ou quem possui necessidades especiais são exemplos de pessoas que se encaixam nesse atendimento.

A coordenadora do programa, Joceli Pilar dos Santos, informa que o agendamento também pode ser feito por empresas, por meio de solicitação no Gabinete do Prefeito. “De lá, encaminham para a secretaria e, em seguida, chega até o DVS. É importante ressaltar que a visitação deve ser agendada com no mínimo um mês de antecedência, através de documento.” Escolas, igrejas, funerárias e associações de bairro procuram o departamento com frequência para esse tipo de atendimento. Além disso, o núcleo de imunização também participa de eventos promovidos pelo poder público.

Para Indianara, o fato de o programa não se limitar apenas às unidades de saúde é a justificativa dos bons resultados. “Essa abrangência é uma característica própria da gestão do nosso município. Quanto mais instituições nos procurarem, melhor. O nosso objetivo é atingir o maior número possível de pessoas, prevenindo-as de doenças que poderiam trazer danos no futuro, inclusive porque a prevenção reduz muito os custos.” Outra medida que busca qualificar as ações foi a compra de uma unidade móvel de imunização. Conforme a secretária, o veículo terá equipamentos de qualidade e irá proporcionar um ambiente mais agradável para atender a população.

Horário de vacinação facilita atendimento

Em abril do ano passado, a SMS ampliou o atendimento das três Unidades de Referência em Saúde (URS) do município: Centro, São Lucas e Lomba do Sabão. Com a medida, a vacinação pode ser realizada também das 17h às 19h30. “Muitas pessoas trabalham durante o dia todo, às vezes até em outro município, e não têm tempo de vir em outro horário. Essa foi uma forma de facilitarmos o atendimento à população”, afirma a secretária.

Ela ainda ressalta o trabalho realizado em 2011, no qual o município superou suas metas de vacinação. “Superamos, inclusive, a meta nacional. O fato chamou a atenção do Estado, que veio até Viamão e fez o monitoramento para confirmar se os dados que apresentamos eram mesmo verdadeiros”, conta. Indianara destaca que o sucesso só foi possível graças ao empenho e comprometimento da equipe com a saúde pública.

Espaço do DVS é reformado e possibilita melhor atendimento

A reforma do DVS, localizado na avenida Senador Salgado Filho, entre as paradas 44 e 45, é um dos fatores que está contribuindo para o avanço na área de imunização. As mudanças ocorreram em novembro do ano passado e incluiu a instalação de geladeiras inteligentes, compartimento onde ficam guardadas as vacinas. O equipamento fica no DVS, na Rede de Frio do município. O espaço é destinado à armazenagem, conservação, manipulação e distribuição de imunobiológicos (vacinas). “Esses materiais possuem alta capacidade de conservação e ficam ligados até 48 horas depois de uma queda de energia”, explica Indianara. A adesão também foi feita para as Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Estratégias de Saúde da Família. “Na ESF Itapuã, por exemplo, a falta de luz é frequente e essa nova aquisição tem mantido a conservação das vacinas.”

O departamento também recebeu mobiliário adequado, que não oxida e que está de acordo com as normas técnicas. “A estrutura nos dá ainda mais motivação para trabalhar. Se estamos atingindo as nossas metas, é porque a gestão nos dá meios de fazer um trabalho qualificado”, avalia a coordenadora Joceli. A informatização também é um dos pontos positivos. “A tecnologia nos possibilita enviar, mensalmente, registros de vacinação ao Estado, para que possam realizar o monitoramento.”

13 tipos de vacinas estão disponíveis no calendário de rotina do programa, sendo que algumas previnem mais de uma doença. Vacinas especiais, por sua vez, são solicitadas no Estado através da prescrição médica do paciente. “Nós também disponibilizamos os imunobiológicos para o Hospital de Viamão, incluindo pediatria, emergência, internação e clínica de hemodiálise. O mesmo é feito para o Hospital de Itapuã”, esclarece a técnica de enfermagem do DVS, Merência Cornélio.

A Secretaria de Saúde não para por aí. A próxima medida que visa a ampliar a vacinação no município é a instalação da Casa da Vacina, espaço que disponibilizará atendimento também nos finais de semana e será situado no Centro Administrativo Che Guevara. A previsão de inauguração é para aproximadamente 45 dias. “Tudo que fazemos é pensando na população. A Casa da Vacina vai dar mais opções aos viamonenses, uma vez que terão diferentes dias e horários para fazerem a imunização. Além disso, é uma forma de centralizar o atendimento”, encerra a secretária Indianara.

 Texto e fotos: Natália Maciel

####