Professores encerram greve e governo mantém negociação

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 15 de novembro de 2003 as 10:09, por: cdb

Representantes do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT) estiveram reunidos na manhã desta sexta-feira com o governador Blairo Maggi para discutir as reivindicações da categoria, que encerrou a paralisação iniciada na última segunda-feira.

– Nós demos um passo importante, pois há uma predisposição do Governo para a negociação. Estabelecemos uma parceria que pode evoluir – afirmou Júlio César Martins, presidente do Sintep.

Antes mesmo da paralisação, o Governo do Estado vem tentando manter o canal de negociação com os profissionais de Educação e procurando atender às reivindicações de seus servidores dentro das possibilidades da receita.

– Todos os direitos que a categoria tem no Governo Blairo Maggi no ano de 2003 vão ser todos honrados e pagos. Algo nunca visto em governos anteriores onde a categoria clama direitos, muitas vezes constitucionais e nunca foram pagos. Para isso nós usamos até agora R$ 8 milhões e vamos gastar outros milhões até 30 de dezembro de 2003 – disse a secretária de Estado de Educação, Ana Carla Muniz.

Segundo Ana Carla, o Governo tem priorizado a Educação e o pagamento dos profissionais da área. -Temos demonstrado através de pagamentos de direitos, ou seja, no contracheque do servidor da educação o respeito que o governador Blairo Maggi tem para com eles. Pela informações que nós temos a categoria passou muitos anos sem ter aumento no outro governo e sentou depois de uma greve de 40 dias para discutir reposição salarial – informou a secretária.

O Governo do Estado, disse Ana Carla Muniz, pagou em janeiro de 2003 a folha de dezembro de 2002 e a folha de dezembro de 2003 será paga em 22 de dezembro próximo, o que corresponde a um total de 14,33 folhas de pessoal pagas somente neste ano, sempre dentro do prazo legal, ou seja, antes do 5º dia útil do mês subseqüente.