Professores e alunos da Rede Municipal participam de projeto de incentivo à leitura

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 18 de abril de 2012 as 11:06, por: cdb

A leitura é fundamental para a formação da consciência crítica do indivíduo, sendo a relação com os livros, o fator definitivo para a formação de leitores. Hoje (18), no Dia Nacional do Livro Infantil, a equipe de formação em Língua Portuguesa da Secretaria Municipal de Educação (Semec), em parceria com o Programa Qualiescola II (IQE), decidiu ampliar as ações do Projeto Convenção de Leitores, que fez sucesso em 2011.

O objetivo é vivenciar com professores e alunos da Rede Pública Municipal práticas interdisciplinares e diversificadas de leitura, expressão criativa oral, escrita dos diferentes gêneros textuais, além de manifestações artísticas. Pensando assim, estão envolvidas as demais áreas de formação em todos os níveis de ensino: Educação Infantil, 1º a 5º ano e 6º a 9º ano do Ensino Fundamental.

De acordo com Benigna Barretos, coordenadora de Língua Portuguesa, do 6º ao 9º ano da Semec, o projeto partiu da preocupação em elevar os índices de leitura dos alunos. “Tivemos bons resultados no primeiro ano de atividades, então decidimos melhorar ainda mais as ações. No primeiro momento estamos recebendo doações de livros para criarmos uma biblioteca itinerante, depois iremos colher com os professores relatos de experiências da execução do projeto, visando a produção de um livro. O maior intuito é fazer com que os alunos gostem de ler, envolvendo toda a escola para que se torne um ambiente realmente de agradável para essa prática”, pontua.

A grande novidade na edição de 2012 é a doação de livros, onde a comunidade está sendo sensibilizada para construir junto com a Semec o acervo de obras infantis. A programação nas escolas também será diferenciada, incluindo, além das oficinas interdisciplinares, campanha de doação de livros, comunicações orais de projetos de leitura realizados nas escolas, mesas redondas, exposições, seminários, bate-papo literário e apresentações artísticas. A nova programação pretende fomentar e valorizar a participação dos professores nas atividades.

“É um projeto relevante para o desempenho escolar das crianças. Já é o segundo ano de execução e agora iniciaremos uma fase nas escolas, onde o incentivo à leitura vai gerar um livro baseado na realidade dessa prática. Esse trabalho é importante para desenvolver as outras áreas educacionais também. O Centro de Formação tem como meta ampliar o aprendizado do professor através de formações para que eles possam aplicar projetos como esse dentro da escola”, destaca a professora Anabela Cardoso gerente de Formação.

 

Convenção de leitores

Com a temática “A leitura na reinvenção da sala de aula”, a Convenção de Leitores é uma alternativa didática em resposta à dificuldade de desenvolvimento de ações direcionadas às habilidades de leitura. O espaço propõe socialização de conhecimentos entre docentes e discentes da Rede Municipal, incentivando a prática da leitura e ainda a troca de livros para ampliação dos saberes.

Para a estudante da Escola Municipal Eurípedes de Aguiar, Zumira Lima, os benefícios são inúmeros. “Aumenta o conhecimento, a gente pode ser alguém através da leitura, além de podermos recomendar livros já lidos para colegas”, finaliza.