Professores da rede estadual de SP estão em greve por tempo indeterminado

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 8 de março de 2010 as 12:26, por: cdb

 Professores da rede estadual de São Paulo estão em greve por tempo indeterminado, informou o Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do estado. De acordo com boletim enviado à imprensa pelo sindicato, a greve foi aprovada em assembleia na última sexta-feira.

De acordo com o texto, a categoria reivindica reajuste salarial imediato de 34,3%, incorporação de todas as gratificações, plano de carreiras e concurso público. Segundo o comunicado, uma nova assembleia deverá ser realizada no dia 12 no vão livre do Museu de Arte de São Paulo (Masp).

Em carta aberta à população, a diretoria do sindicato informou que 100 mil professores (cerca de 48% do total) são temporários e defendeu a realização de concursos públicos.

– Estamos em greve por tempo indeterminado, até que o governo negocie conosco o atendimento de nossas reivindicações em busca da melhoria da escola pública.

A Secretaria Estadual de Educação afirmou que ainda não foi informada sobre a greve e que não tem conhecimento de paralisação em nenhuma escola.