Procon autua 9 lojas virtuais por descumprimento da Lei da Entrega

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 4 de março de 2010 as 12:34, por: cdb

O Procon-SP autuou nove estabelecimentos virtuais vistoriados em fevereiro por descumprimento à Lei da Entrega (13.747/09), que obriga os fornecedores a fixar data e turno para a entrega de produtos ou realização de serviços aos consumidores.

As empresas Dell, Extra, Fast Shop, Saraiva, Magazine Luiza, Rassolim, Shoptime, Submarino e WalMart foram autuadas e responderão por processo administrativo, com possibilidade de serem multadas em até 3,2 milhões de reais com base no artigo 57 da Lei 8.078/90 (Código de Defesa do Consumidor). A medida também vale para 38 lojas físicas que não passaram nos testes e foram processadas. Todas as companhias terão ampla defesa assegurada.

Sete das nove empresas foram reprovadas por não informarem ao consumidor de maneira prévia e adequada as datas e turnos disponíveis para a entrega de produtos ou para a realização de serviços e não entregarem o produto ou não realizar em o serviço na data e turno estipulados. De acordo com a fundação, foram vistoriados 164 estabelecimentos em fevereiro, sendo 155 lojas físicas e 9 lojas virtuais, um resultado de 28,6% no índice de desrespeito à lei. Em comparação a novembro do ano passado, foram autuados 46 estabelecimentos de um total de 71 vistoriados, um índice de 64,8%.

Em vigor desde 8 de outubro de 2009, a Lei 13.747/09 impõe as empresas data e turno fixos para a entrega de produtos e realização de serviços. O fornecedor é obrigado a informar com antecedência as datas e turnos disponíveis ao consumidor.