Príncipe Harry joga rúgbi com time do Projeto Rio 2016

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 10 de março de 2012 as 14:01, por: cdb
Príncipe Harry
Durante a partida de rúgbi com Harry, que também participou da corrida Great Sports Day e de um jogo de vôlei de praia

Em seu segundo dia da primeira visita oficial ao Rio de Janeiro, o príncipe Harry, da Inglaterra, mostrou suas habilidades como jogador de rúgbi em uma partida com jovens de comunidades pacificadas que participam do Projeto Rio 2016, do Governo do Estado. Neste sábado, a realeza britânica treinou durante cerca de meia hora com dez crianças do projeto, na Praia do Flamengo, Zona Sul da cidade.

Durante a partida de rúgbi com Harry, que também participou da corrida Great Sports Day e de um jogo de vôlei de praia, 10 dos 60 alunos do time do Rio 2016 tiveram a oportunidade de aprender mais sobre o esporte. Há nove meses, o rúgbi, que estreia como modalidade nos Jogos de 2016, faz parte da vida de crianças carentes como Joyce de Oliveira, de 10 anos. Moradora da comunidade do Cantagalo, em Copacabana, a jovem fez um “try”(ponto) ao lado do príncipe, companheiro de equipe.

– Foi muito legal jogar do lado de um príncipe, ele é um ótimo jogador e acho que aprendi vários truques. Nunca pensei em ficar tão perto de um príncipe, ainda mais ser da mesma equipe de rúgbi, na minha primeira partida como jogadora. Eu só treinei dois dias, estou a pouco tempo no esporte. O jogo de hoje me deu mais vontade ainda de vencer e ser campeã – contou Joyce, que fez sucesso nas areias do Flamengo.

Há nove meses, o rúgbi faz parte do núcleo de Niterói do Projeto Rio 2016, que promove a inclusão social através de 48 modalidades esportivas oferecidas em 700 núcleos para mais de 210 mil pessoas. O objetivo é ampliar o projeto para 300 mil pessoas em mil núcleos até o fim do ano. Segundo a secretária de Esporte e Lazer, Marcia Lins, a integração de crianças do projeto com o príncipe é importante para incentivar os futuros atletas.

– Queremos mostrar como o Brasil está se preparando para os Jogos. Os projetos sociais, como o Rio 2016, são cada vez mais ampliados. Tenho certeza que as crianças do time de rúgbi serão grandes medalhistas. O príncipe é uma pessoa muito especial, brincou com as nossas crianças. Ele veio com o objetivo de entender o Rio, e essa ponte entre o Rio e Londres é fundamental para aprender ainda mais para as Olimpíadas de 2016 – afirmou Marcia Lins, que entregou uma camisa da Seleção Brasileira para o príncipe.

Voo pelo Rio de Janeiro

No primeiro dia de visita ao Rio, na sexta-feira, o príncipe fez um passeio de helicóptero e conheceu os principais pontos turísticos da cidade e os equipamentos olímpicos para os Jogos de 2016. A secretária de Esporte e Lazer, Marcia Lins, foi a anfitriã do tour de aproximadamente uma hora, que sobrevoou o Cristo Redentor, Pão de Açúcar, Pedra da Gávea e Orla.

O passeio do príncipe Harry passou pelas instalações de Deodoro, Engenhão, Sambódromo e Praia de Copacabana, que vai sediar jogos de vôlei de praia e a maratona aquática. De acordo com a secretária, o príncipe ficou impressionado com as obras do Maracanã e com o tamanho do Parque Olímpico da Barra da Tijuca, que vai abrigar metade das atividades das Olimpíadas.

À noite, Harry conheceu o Pão de Açúcar de perto. No monumento, a realeza britânica participou da campanha Great, realizada para aumentar o potencial econômico dos Jogos de Londres de 2012. No evento, que celebrou os laços entre Brasil e Reino Unido, o príncipe fez seu primeiro discurso ao povo brasileiro, e se mostrou impressionado pelas belezas naturais do Rio.

– Durante anos eu ouvi falar tanto sobre este lugar extraordinário. Na verdade, desde que meu pai me falou que dançou com uma linda moça chamada Pinah, parece que isso ficou na sua mente por alguma razão. Mas tudo no Rio faz você querer dançar – ressaltou Harry.