PRF prende quatro motoristas e apreende 20 vans em operação de combate ao uso ilegal de radiofrequência

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 3 de junho de 2011 as 10:56, por: cdb

Da Agência Brasil

Rio de Janeiro – Vinte vans foram apreendidas e quatro motoristas foram presos em uma operação desencadeada hoje (3) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Rodovia Presidente Dutra, que liga o Rio de Janeiro a São Paulo. O intuito da operação era reprimir o uso ilegal de aparelhos de radiotransmissão entre os motoristas de transporte alternativo na Baixada Fluminense.

De acordo com o chefe de policiamento e fiscalização da PRF, Davi Stanley, em dois meses de investigação, a polícia percebeu que a região da Baixada concentrava maior uso ilegal de comunicação por radiotransmissores. Os motoristas costumavam dar informações sobre os locais onde ocorriam blitzen.  

Stanley explicou que a maior preocupação da PRF é com a segurança dos cidadãos que utilizam esse meio de transporte. Segundo ele, nos primeiros quatro meses de 2011, 74 pessoas sofreram acidentes e 4 morreram em casos envolvendo vans.

“A gente espera que, com isso, nós tenhamos um reflexo no que diz respeito à diminuição de acidentes e que essas vans passem a ser fiscalizadas. Que os motoristas estejam preparados e que as vans atendam as condições do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), como a utilização de cinto de segurança da parte dos passageiros.”

O chefe de policiamento declarou que a partir de agora a fiscalização será intensificada.

Os motoristas das vans apreendidas foram autuados por infração de trânsito e, se condenados, poderão cumprir pena de dois a quatro anos de prisão. Os radiotransmissores das vans foram retirados por fiscais da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

 

Edição: Lílian Beraldo