Previdência explica bloqueio temporário de benefícios

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 5 de novembro de 2003 as 21:34, por: cdb

Em nota divulgada na noite desta quarta-feira, o Ministério da Previdência Social informa que todas as agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) foram orientadas para dar atendimento prioritário aos aposentados e pensionistas que tiveram seus benefícios temporariamente bloqueados.

Segundo a nota, os beneficiários que não puderem se deslocar às agências por qualquer motivo poderão, através de seus familiares ou procuradores, solicitar à agência do INSS a visita de um servidor ao local onde se encontram.

Após a identificação e atualização dos dados cadastrais, o órgão desbloqueará “imediatamente” os créditos, que serão liberados em até 48 horas, no mesmo banco.

Os beneficiários que se encontram fora de seus municípios de residência podem comparecer em qualquer agência da Previdência e solicitar que suas informações cadastrais sejam remetidas para a agência na qual está vinculado, para a liberação dos créditos.

A nota afirma ainda que o bloqueio temporário dos pagamentos atinge menos de 0,7% dos benefícios. Esclarece, também, que a medida foi adotada a fim de “combater eventuais irregularidades na manutenção de benefícios, cujos indícios foram identificados por cruzamento de dados estatísticos e cadastrais.