Presos em Riad quatro suspeitos de planejar atentado no ‘estilo 11/09’

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 21 de maio de 2003 as 10:25, por: cdb

Três homens identificados como membros da rede terrorista Al Qaeda foram detidos em um aeroporto de Jedá, na Arábia Saudita, sob a suspeita de planejar o seqüestro de um avião saudita para lançá-lo contra um prédio no centro da cidade, no “estilo de 11 de setembro”, informou esta terça-feira a rede de notícias, CNN.

Um dos suspeitos foi reconhecido no aeroporto como estando na lista dos mais procurados pelas autoridades sauditas e todos os três foram detidos na noite de segunda-feira, antes de embarcar no vôo para o Sudão, acrescentaram as fontes.

O avião visado era da Saudia, a companhia aérea nacional.

Os detidos portavam facas e tinham em seu poder testamentos, com suas últimas vontades, acrescentaram as fontes.

Um dia depois das detenções, o Departamento de Estado norte-americano anunciou o fechamento temporário da embaixada dos Estados Unidos em Riad e de seus consulados em Jedá e Dhahran.

Horas depois, o Governo Bush elevou o nível de alerta antiterrorista nos Estados Unidos.

A Grã-Bretanha também fechou sua embaixada na Arábia Saudita. A Alemanha fechou parte de sua representação diplomática e seu consulado em Jedá.

Os detidos na segunda-feira pertenceriam à mesma célula terrorista que realizou os atentados simultâneos a três condomínios em Riad, no dia 12 de maio, matando 25 pessoas – incluindo oito norte-americanos.

As fontes disseram acreditar que os três suspeitos não tiveram participação naqueles ataques, mas poderiam ter informações valiosas sobre o planejamento e a realização dos atentados.

Nos últimos dias, as autoridades sauditas haviam detido quatro suspeitos de envolvimento nos ataques em Riad.