Presos em Guantánamo poderão cumprir pena na Austrália

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 26 de novembro de 2003 as 04:16, por: cdb

O governo australiano chegou a um acordo com os Estados Unidos pelo qual se forem condenados os supostos terroristas detidos na base naval americana de Guantánamo, em Cuba, poderão cumprir as sentenças em seu país, afirmou nesta quarta-feira a promotoria geral da Austrália.

Segundo o acordo, David Hicks e Mamdouh Habib vão contar com um advogado australiano quando forem julgados por uma comissão militar nos Estados Unidos, explicou o promotor geral australiano, Philip Ruddock.

As autoridades americanas vão permitir também aos meios de comunicação estar presentes durante os julgamentos, acrescentou o funcionário australiano.