Preso suspeito de envolvimento na morte do coordenador do Afro Reggae

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 27 de outubro de 2009 as 10:30, por: cdb

Policiais prenderam, na noite de segunda-feira, um dos acusados de envolvimento no assassinato do coordenador de projetos especiais do Grupo Cultural AfroReggae, Evandro João da Silva, morto durante um assalto no centro do Rio, na madrugada do último domingo. Rui Mário Maurício de Macedo, 35, conhecido como Romarinho, foi detido por agentes do Serviço de Inteligência da Polícia Militar (PM) a poucos metros de distância do local do crime.

Segundo a polícia, ele confessou a participação no roubo, mas negou ter atirado na vítima. De acordo com Rui Mário, o comparsa é que teria feito os disparos. O comandante geral da PM, coronel Mário Sérgio Duarte, disse que a prisão foi uma resposta importante e que apesar de não devolver a vida ao Evandro, traz consolo à família, aos amigos e à corporação.

O coordenador social do AfroReggae, Evandro João da Silva, foi assassinado ao reagir a um assalto quando passava na esquina das ruas do Ouvidor e do Carmo, no centro do Rio. Câmeras do circuito de segurança de lojas próximas registraram a presença de dois policiais militares, que chegaram a abordar os assaltantes, liberando-os em seguida. Os PMs também são acusados de terem ficado com um par de tênis e uma jaqueta da vítima. As imagens revelam ainda que os policiais não prestaram socorro a Silva, que permaneceu caído na calçada. A dupla de policiais está presa preventivamente.