Presidente da Bolívia visita o Brasil para pedir mais colaboração

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 28 de abril de 2003 as 08:55, por: cdb

O presidente da Bolívia, Gonzalo Sánchez de Lozada, embarcou neste domingo para Brasília, onde na segunda-feira se encontrará com o presidente Luiz Ignácio Lula da Silva a fim de discutir um processo de integração econômica.

Sánchez de Lozada viajou acompanhado de nove minitros, incluindo o das Relações Exteriores, Carlos Saavedra Bruno, e sete vice-ministros.

O Brasil é, na América do Sul, o parceiro comercial mais importante da Bolívia, país com o qual tem um contrato para a compra de gás natural, desde 1999.

A Bolívia espera aumentar suas vendas de gás para o Brasil.

Recentemente, o governo boliviano disse estar disposta a baixar os preços de seu gás se o Brasil ampliar sua demanda interna, para o que La Paz proporá a construção de termoelétricas, além de negócios na área de petroquímica.

O porta-voz de Sánchez de Lozada, Mauricio Antezana, disse que os dois países analisarão, também, a possibilidade de fortalecer a luta contra o contrabando brasileiro para a Bolívia.

O presidente boliviano deve ainda pedir a ajuda de Lula em temas sociais, que vão desde a luta contra a Aids até o assessoramento na área da Educação.

As conversações terão como pano de fundo as negociações para estabelecer a Área de Livre Comércio das Américas (Alca) e a possibilidade de que, na América do Sul, a base do acordo seja uma vinculação estreita entre o Mercosul e a Comunidade Andina.