Prefeitura vai incrementar produção nas hortas comunitárias de Teresina

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012 as 15:13, por: cdb

As hortas comunitárias urbanas de Teresina receberão investimentos da Prefeitura de Teresina e do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) para o incremento à produção e o consequente aumento da renda das mais de 3.000 famílias envolvidas nessa atividade. Os investimentos para o setor foi a pauta da reunião que o prefeito Elmano Férrer teve hoje(27), no Palácio da Cidade, com técnico João Tadeu Pereira, do Departamento de Estruturação do Sistema Alimentar do MDS e com o superintendente de Desenvolvimento Rural (SDR), Sérvio Vilela.

O prefeito Elmano Férrer explicou que as primeiras ações para a reestruturação das hortas comunitárias já foi iniciada com a implantação de iluminação pública na Horta da Tabuleta, iniciativa que chegará a todas as 46 hortas da zona urbana de Teresina. A partir de agora a Prefeitura investirá também na construção de cercas e em cursos de capacitação profissional das famílias envolvidas.

O técnico do MDS, João Tadeu, explicou que o mais importante é que essas hortas estão produzindo alimentos e beneficiando diretamente a população carente. Ele sugeriu que a Prefeitura de Teresina formalize um acordo de cooperação com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), para o recebimento dos recursos do MDS.

O superintendente de Desenvolvimento Rural, Sérgio Vilela, informou que as obras de estruturação das hortas comunitárias também receberão a injeção de recursos na ordem de R$ 500 mil oriundos de uma emenda parlamentar de autoria do senador João Vicente Claudino, além de uma outra emenda de R$ 1 milhão de autoria do deputado federal Nazareno Fonteles.

Além desses recursos, quatro projetos estão em tramitação junto ao Governo Federal para as áreas de capacitação profissional, irrigação, implementos e insumos e para a implantação do sistema de compra direta local da agricultura familiar. A meta é incrementar a produção e aumentar a renda das famílias envolvidas no programa de hortas comunitárias.