Prefeitura prorroga prazo de revitalização do calçadão da praia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 19 de abril de 2012 as 10:51, por: cdb

         O prazo de realização das obras de requalificação da orla dos balneários Santo Antônio e Valverde foi prorrogado, de quatro para oito meses, em decorrência da necessidade de moldar os meios-fios in loco, procedimento mais moroso do que o convencional. A demora ocorre em razão da confecção em fôrmas, único procedimento capaz de atribuir um acabamento, nas curvas do calçadão, melhor do que o efetuado com material pré-moldado.
         Simultaneamente, parte do mobiliário está chegando aos poucos e compondo um cenário diferente na costa do Laranjal. Quinze bancos sem encosto, fabricados em concreto, são instalados ao longo da beira da praia, somando-se aos 54 assentos com encosto já existentes e que passam por reforma: conserto e pintura. De acordo com a arquiteta da Unidade Gerenciadora de Projetos (UGP) e responsável pela fiscalização do empreendimento, Daniela Tunes, a empresa ACPO deverá, nos próximos três meses, executar novos serviços.
         “No final de abril, por exemplo, outra turma de funcionários vai se dedicar à finalização das cinco travessias seguras projetadas”, informa Daniela. Na análise do secretário-executivo da UGP, Jair Seidel, as intervenções estão em conformidade com o padrão de qualidade exigido pela Prefeitura e pela instituição financiadora, o Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird). “Em acréscimo, evitamos transtornos à população e a turistas, durante o veraneio, transferindo as ações de local de maior circulação para as imediações do trapiche”, relembra o gestor.
         Além de ampliar o calçamento nas proximidades do shopping, mais precisamente no prolongamento da avenida Doutor Antônio Augusto de Assumpção Júnior, em direção ao Balneário dos Prazeres, a administração municipal expandiu também o pavimento desta parte da via. O projeto técnico prevê tratamento fitossanitário, nas figueiras históricas, e opções de lazer: três pracinhas de brinquedos e um espaço para academia, com dez equipamentos e quatro aparelhos para ginástica ao ar livre.
         Divididas em dez trechos, toda a reforma inclui instalação, em pontos de maior circulação, de paraciclos ou estacionamentos para bicicletas. Compõem também, o mobiliário urbano, 45 lixeiras e 34 postes com três pétalas cada. As benfeitorias em andamento no calçadão pertencem ao projeto Polo do Sul, subsidiado pelo Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird), e exigem o recurso de R$ 2,12 milhões.

Data: 19/04/2012
Hora: 13:42
Redator: Carolina Ney – 23024/SP
Fotógrafo: Divulgação –