Prefeitura, Polícia Militar e Polícia Civil discutem ações para prevenir ocupações clandestinas de áreas públicas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 24 de janeiro de 2012 as 13:43, por: cdb

A Prefeitura de Joinville, a Polícia Militar e a Polícia Civil se reuniram nesta segunda-feira (19/12) para definir um plano de contingência com o objetivo de prevenir possíveis ocupações clandestinas de áreas públicas no período de recesso de final de ano.

O encontro teve a participação do comandante da 5a. Região de Polícia Militar, coronel Cantalício Oliveira, do delegado regional, Dirceu Silveira Júnior, do secretário de Habitação, Alsione Gomes de Oliveira Filho, e do secretário de Administração, Márcio Murilo de Cysne.

Na reunião também foi avaliado o andamento do inquérito aberto pela 8a. Delegacia de Polícia de Joinville, do bairro Itinga, que apura os responsáveis pelas invasões de duas áreas públicas nos bairros Ulysses Guimarães e Paranaguamirim, ocorridas no final do mês de julho.

Os responsáveis sofrerão ação de cobrança civil com ressarcimento financeiro e enquadramento no Inquérito Policial por desobediência e formação de quadrilha urbana. A Companhia Águas de Joinville, proprietária de uma das áreas invadidas, também pediu que a transação penal fosse vinculada ao ressarcimento dos danos que a empresa sofreu.

O secretário de Habitação, Alsione Gomes de Oliveira, informou que os líderes do movimento de julho ainda não compareceram na Secretaria para o preenchimento do cadastro por moradias.