Prefeitura paulista não chega a acordo e sem-teto mantêm ocupações

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 27 de abril de 2010 as 10:40, por: cdb

Acabou sem acordo a reunião entre os representantes da prefeitura e dos sem-teto que ocuparam três imóveis na capital paulista. A Secretaria de Habitação do município informou que as principais reivindicações do movimento só podem ser resolvidas pelos governos federal e estadual.

A prefeitura disse ainda, por meio de nota, que não se responsabiliza pelo bem-estar das pessoas, inclusive mulheres e crianças, caso os imóveis permaneçam ocupado pelos manifestantes. O protesto foi iniciado na madrugada desta segunda-feira.

Os sem-teto montaram seus acampamentos no antigo prédio do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), na Avenida 9 de Julho, e o localizado na Avenida Prestes Maia, 911, próximo à Estação da Luz. As duas edificações estão abandonadas e em estado de deterioração. Os manifestantes também ocupam um terreno na Estrada M’ Boi Mirim, na zona sul.

Eles também montaram várias barracas em frente à sede da prefeitura, no centro. O grupo reivindica a construção e a reforma de três mil unidades habitacionais.