Prefeitura espera concluir em 45 dias revitalização em trecho da Júlio de Castilho

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 14 de março de 2012 as 15:12, por: cdb

Obras Quarta-Feira 14 de Março de 2012

Prefeitura espera concluir em 45 dias revitalização em trecho da Júlio de Castilho

Foto:Casimiro Silva  

A Prefeitura espera concluir em 45 dias as obras de revitalização da avenida Júlio de Castilho entre a presidente Vargas e a rua dos Crisântemos, via de acesso ao Conjunto Lar do Trabalho. Será implantada a rede de drenagem, feito o recapeamento do pavimento, reconstruída a calçada e implantada a iluminação pública no canteiro central, com fiação subterrânea.

A implantação desta rede de drenagem, conforme os técnicos da Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação, dá uma solução para os problemas de escoamento da enxurrada que desce do bairro Santo Amaro e que hoje provoca alagamentos nos bairros Santo Antonio e Jardim Imá.

Especificamente no cruzamento com a avenida Presidente Vargas, o problema é ainda mais sério. “Quando chove mais forte, fica praticamente impossível passar por aqui, acumula muita água”, relata Antonio Rodrigues, dono de uma oficina mecânica nas proximidades.

Segundo o secretário de Infraestrutura, João Antonio De Marco, o projeto de revitalização da Júlio de Castilho prevê a implantação de quatro quilômetros de rede de drenagem, além do recapeamento de 13 quilômetros de vias, incluindo 6,8 quilômetros em toda a extensão da avenida e 9,7 quilômetros nas ruas adjacentes.

O recapeamento e a drenagem foram feitos no trecho entre as avenidas Duque de Caxias e Capibaribe, além de vias de acesso ao Santo Amaro. Depois da conclusão destas obras iniciadas hoje, a próxima etapa será entre a rua Crisântemos e a avenida Aero Clube. A etapa seguinte prevista, entre a Capibaribe e a Presidente Vargas, depende da remoção da rede de energia elétrica pela concessionária do serviço.

As intervenções na avenida Júlio de Castilho vão exigir um investimento de R$ 18.364.888,59, 95% dos recursos provenientes do Pró-Transporte e 5% do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). O projeto desenvolvido pela Unidade de Programas e Projetos Especiais da Prefeitura prevê intervenções que vão desde a criação de duas faixas de rolamento, incluindo faixa preferencial para o transporte público e a implantação de canteiros centrais e manutenção de canteiros existentes. Acabam as conversões à
esquerda com a via recebendo laços de quadra.

Com o fim das rotatórias, terá 17 conjuntos semafóricos sincronizados com a chamada onda verde. Com a revitalização, a Júlio de Castilho passará a contar com soluções de acessibilidade com a execução de 13,6 quilômetros de calçadas com piso tátil e organização visual ao longo das calçadas, por meio de paginação personalizada de faixa de dois metros, distribuição de mobiliário e rebaixamentos de meio-fio com rampas nas travessias e pontos de ônibus padronizados. Serão instalados 38 abrigos em paradas de ônibus.

No aspecto paisagístico, a via passará por mudança na iluminação, reestruturação de duas praças e criação de 10 largos com áreas sombreadas para descanso. A via receberá uma nova arborização, com o plantio de mudas de árvores ao longo de toda a avenida.

Trânsito interditado

Desde as primeiras horas da manhã desta quarta-feira (14), foi interditado o trânsito no trecho em obras. Segundo a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), há algumas opções de desvio. Quem segue sentido centro – bairro tem duas rotas alternativas: na primeira, vira à direita na avenida dos Crisântemos, rua dos Narcisos e avenida Presidente Vargas. Outra opção é avenida Aeroclube, rua Fernando de Noronha e avenida Presidente Vargas.

Para os condutores que trafegam sentido bairro-centro, as opções são: conversão à direita na Presidente Vargas, ruas São Bernardo e dos Andradas. A segunda rota é virar na Presidente Vargas e depois seguir na Duque de Caxias. Agentes de trânsito devem permanecer na região para controlar o tráfego dos veículos.

Fonte/Autor: Flávio Paes DRT/MS 07