Prefeitura e USP tornam o Parque Tecnológico de Ribeirão Preto uma realidade

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 18 de abril de 2012 as 15:57, por: cdb

Ribeirão Preto, 19 de Abril de 2012

Prefeitura e USP tornam o Parque Tecnológico de Ribeirão Preto uma realidade
Empreendimento tem como objetivo impulsionar o desenvolvimento cientifica e tecnológico da cidade e região, em especial nas áreas de saúde e tecnologia da Informação

 

Fotos Roberto Galhardo

Prefeita Dárcy Vera e João Santana da Silva assinam o credenciamento tirando efetivamente o Parque Tecnológico do papel

 
O apoio ao desenvolvimento empresarial, especialmente na área tecnológica e de saúde terão agora mais um espaço consolidado para suas atividades em Ribeirão Preto. É que nesta quarta-feira, dia 18, a prefeita Dárcy Vera assinou, no Salão Nobre do Palácio Rio Branco, o credenciamento oficial de construção do Parque Tecnológico do município, resultado de um convênio especifico entre a Universidade de São Paulo (USP), que será administrado pela Fipase, fundação criada, administrada e financiada pela administração municipal.

O Parque Tecnológico de Ribeirão Preto vem sendo discutido há mais de seis anos e sai somente agora do papel com seu credenciado oficial junto ao Governo do Estado. Destinado a apoiar empresas nascentes e empresas que precisam desenvolver projetos de inovações tecnológicas, a atrair para a cidade instituições de base tecnológicas, sejam nacionais ou multinacionais.

“Hoje o Parque Tecnológico não é mais uma discussão. Ele é real, pois já está credenciado na Secretaria Estadual de Desenvolvimento. Foi uma grande luta dos muitos professores da USP, capitaneado pelo João Santana da Silva, que foi um batalhador singular nesta concretização”, disse a prefeita Dárcy Vera. Ela lembrou que agora será possível iniciar as obras, prevendo a construção de dois blocos de edifícios, correspondentes ao Centro de Desenvolvimento e Inovação Aplicada em Equipamentos Médico-Hospitalares e Odontológicos (Cedima) e à Incubadora de Empresas de Base Tecnológica (Supera).

 

“Vamos fomentar o desenvolvimento, gerando emprego e renda ao atrair os mais diversos segmentos empresariais”, declara João Santana da Silva, diretor presidente da Fipase

 

A Prefeitura de Ribeirão Preto ficará responsável pela infraestrutura de acesso, água, esgoto e outros serviços públicos. O total de investimentos previstos é de R$ 11,2 milhões. “Vivemos hoje um dia que transformará Ribeirão Preto numa referência no Estado de São Paulo no desenvolvimento das ciências e tecnologias. É o coroamento de uma luta da USP e da administração municipal”, disse João Santana da Silva, diretor presidente da Fipase.

A vocação do Parque Tecnológico, segundo ele, será voltada as instituições que promovem o ensino e a pesquisa e atenderá as demandas e gargalos tecnológicos empresariais da região de Ribeirão preto e do Brasil. “Ele também irá contemplar as tendências tecnológicas e mercadológicas nacionais e internacionais do setor de saúde, biotecnologia e tecnologia da informação. Com isso, vamos fomentar o desenvolvimento, gerando emprego e renda ao atrair os mais diversos segmentos empresariais”, completou o professor da USP, João Santana da Silva.

O Parque irá se desenvolver numa área de 300 mil m², cedida pela USP, sediando a Supera (Incubadora de Empresas de Base Tecnológica) e o Cedina (Centro de Desenvolvimento de Inovações 3), num investimento de mais de R$ 15.900 milhões. “Ribeirão Preto já é conhecida internacionalmente como uma referência em saúde, pesquisas e equipamentos odontológicos. Também por conta disso, a concretização do parque nos credencia para atrair investimentos e conquista de empresas interessados em desenvolver seus produtos. Esta realização é um marco na história da cidade”, acrescenta Silva.

“Agora teremos condições de pensar num Parque Tecnológico Empresarial, pois a produção da cidade e da região já justificam essa melhoria. O Parque Tecnológico na USP vai, seguramente, mudar a cidade para melhor, gerando conhecimento e produtos”, emenda Fernando Piccolo, secretário municipal de Planejamento.

 

Dia histórico: Prefeita Dárcy Vera comemora o credenciado do Parque Tecnológico junto a Secretaria Estadual de Desenvolvimento