Prefeitura apreende 13 mil produtos piratas em Shopping da Av. Paulista

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 18 de abril de 2012 as 14:14, por: cdb

Prefeitura apreende 13 mil produtos piratas em Shopping da Av. Paulista

O Gabinete de Segurança e o Comitê de Combate à Pirataria realizaram nesta terça-feira (17/4) uma operação de fiscalização nas lojas do Shopping Pamplona, na Av. Paulista, onde apreenderam 13.672 produtos de piratas comercializados em nove lojas.

O Gabinete de Segurança e o Comitê de Combate à Pirataria, Contrabando e Sonegação Fiscal da Prefeitura de São Paulo realizaram nesta terça-feira (17/4) uma operação de fiscalização nas lojas do Shopping Pamplona, na Avenida Paulista, face a denúncias e apurações de organismos de inteligência.

Na operação, 13.672 produtos de pirataria e de origem duvidosa foram apreendidos em nove lojas, predominando CDs e DVDs, bolsas, relógios e celulares. Durante a fiscalização, 13 comerciantes foram qualificados. Quatro estrangeiros serão responsabilizados e poderão ser notificados a deixar o país.

A Guarda Civil Metropolitana (GCM), por meio da Inspetoria de Operações Especiais, atuou sob orientação do Gabinete de Segurança fazendo a preservação dos locais e apreensões, articulada com demais organismos do Gabinete, como Polícia Civil, Subprefeitura Pinheiros, Fazenda Estadual, Fundação Procon, entidades do Conselho Nacional de Combate a Pirataria do Ministério da Justiça, entre outros. O Ministério Público do Estado de São Paulo, por meio do GAECO-Grupo de Apoio Especial de Combate ao Crime Organizado foi informado da Operação pela Secretaria de Segurança Urbana para acompanhar e promover a apurações da sua competência, inclusive em face de sucessivas reincidências destes crimes neste estabelecimento.

Balanço

Foram apreendidos na cidade de São Paulo, entre dezembro de 2010 a março de 2012, por exemplo, mais de 58 milhões de produtos ilegais, sendo 38 milhões em estabelecimentos comerciais, avaliados em dois bilhões de reais, resultado de 32 operações integradas com organismos federais, estaduais e municipais. Mais de 150 estrangeiros foram detidos por estarem sem documentação regular e notificados pela Polícia Federal a deixar o país. Em operações conjuntas das Subprefeituras, GCM e Operação Delegada foram apreendidos nas ruas mais 20 milhões de produtos ilegais.