Prefeito reeleito de Itararé tem a candidatura cassada

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 23 de outubro de 2012 as 15:50, por: cdb

 

Flávia Albuquerque
Repórter da Agência Brasil

São Paulo – A candidatura do prefeito reeleito de Itararé, no interior paulista, Luiz Cesar Perucio (DEM), foi cassada pela Justiça Eleitoral. O prefeito, declarado inelegível por oito anos, foi punido por abuso de poder político e econômico. A candidatura do vice-prefeito, João Aparício Bruno, conhecido como Kiko Unical (PTB), também foi cassada.

A sentença deve ser publicada amanhã (24) no Diário da Justiça Eletrônico, no site do Tribunal Superior Eleitoral, abrindo prazo de três dias para recurso ao Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP). A Justiça só determinará quem assume o cargo de prefeito e vice, ou se nova eleição será realizada, após a conclusão do processo.

Os autores da ação que levou à cassação da candidatura de Perucio e do vice foram os vereadores José Donizete de Camargo, Sandro Heleno Cândida de Araújo e Valdiclei Oliveira, da coligação O Futuro Começa Agora. O Ministério Público informou que apenas acompanhou a ação.
 
A assessoria de imprensa da Prefeitura de Itararé disse que Perucio pretende provar que as acusações são infundadas. A assessoria informou ainda que o prefeito aguarda a definição da Justiça Eleitoral e prefere não comentar a sentença ou os detalhes da defesa.

O atual prefeito obteve a reeleição com 34,03% dos votos válidos. Ele derrotou Cristina Ghizzi (PT), que obteve 30,33% dos votos válidos. Heliton da Junitex (PSDB) recebeu 26,88% dos votos e Dona Bila Fadel (PP) ficou com 8,76%.

Edição: Davi Oliveira