Prefeito de Nova Iorque apela para a calma na cidade

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 11 de setembro de 2001 as 17:19, por: cdb

O prefeito de Nova York, Rudolph Giulliani, disse, em entrevista, que pelos menos 1.500 pessoas foram evacuadas dos prédios, 600 pessoas estão sendo atendidas em hospitais, 150 nos serviços de emergências. NY tem cerca de 180 hospitais e todos eles estão trabalhando em capacidade máxima.

O prefeito fez um apelo à população para que feche todas as chaves de gás para evitar explosões. Foram feitas recomendações às escolas até que os pais apareçam para buscar as crianças. Caso isso não aconteça, as crianças serão encaminhadas a um Centro.

Ele disse ainda que o metrô está funcionando e o transporte público também para atender a população que tanta voltar para casa ou ir de encontro aos familiares.

Segundo o Departamento de Polícia do estado de NY, cerca de 1.500 policiais estão trabalhando, 800 pessoas já se apresentaram como voluntárias e também auxiliam no trabalho de resgate.

Giulliani admitiu que agentes e bombeiros morreram durante esses ataques, mas não soube estimar quantos foram os mortos, possivelmente mais de 1.000 vítimas, mas não confirmou.

Serão enviados mais 2000 policiais à cidade de NY para a ajuda efetiva. O prefeito disse que teme por sua vida, mas é preciso manter a calma e elogiou o povo de NY, que apesar da tragédia está mantendo a calma e se organizando.