Powell: ‘segurança é desafio no Iraque’

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 14 de setembro de 2003 as 13:32, por: cdb

O secretário de Estado norte-americano Colin Powell disse neste domingo que a situação da segurança no Iraque permanece desafiadora, mas disse estar confiante de que as forças dos EUA irão gerenciar a pacificação do país e estabelecer a democracia. Powell falou em Bagdá após encontro com o novo ministro de Relações Exteriores do Iraque, Hoshiyar Zebari.

As forças dos EUA no Iraque ficam sob fogo cruzado todos os dias. A criminalidade e a falta geral de leis têm se disseminado desde que Washington derrubou o regime de Saddam Hussein em abril. Um soldado norte-americano na cidade de Falluja tornou-se a 72ª vítima fatal da ação no Iraque desde que foi divulgado o fim oficial do combate em 1º de maio. Ele foi morto quando uma bomba explodiu junto ao seu veículo.

“As maiores novas ameaças são os terroristas que estão tentando entrar no país com o propósito de atrapalhar nosso processo (de trazer a democracia para o Iraque) e nós vamos permitir que isso (nosso objetivo) aconteça”, disse Powell.

Zebari – que espera ter um governo legítimo no Iraque entre o meio e o final de 2004 – disse que a segurança será o maior problema quando iraquianos assumirem o comando do país, onde mais de 150 mil soldados estrangeiros estão tentando estabelecer a ordem.