Portugal nega interferência da Nike na contratação de Scolari

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 16 de novembro de 2002 as 23:25, por: cdb

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) negou neste sábado, através de comunicado, o possível envolvimento de patrocinadores na possível contratação de Luiz Felipe Scolari para dirigir a equipe européia.

A Nike, empresa que fornece o material esportivo para a seleção portuguesa, seria uma das intermediárias na negociação da Federação Portuguesa eo brasileiro.

“A FPF desmente categoricamente que qualquer atual parceiro esteja ou venha a ser envolvido nas conversações e negociações que a entidade teve, tem ou venha a ter com entidades ou pessoas singulares no âmbito das responsabilidades ou competências do organismo máximo do futebol português”, afirma o comunicado.

Segundo a entidade portuguesa, não se pode confundir reuniões regulares com patrocinadores à procura de um treinador para comandar a seleção na Euro-2004.

A FPF afirma que as negociações que vem tendo com a Nike desde agosto são para discussão da renovação do contrato de patrocínio.