Portadores de deficiência comemoram Dia Nacional de Luta

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 21 de setembro de 2009 as 10:25, por: cdb

Cadeirantes do Distrito Federal se concentram nesta segunda-feira em uma das vias comerciais mais movimentadas de Brasília, a Superquadra Sul 404/405, também conhecida como Rua dos Restaurantes. Eles querem mostrar, no Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência, que até mesmo ir a um restaurante pode ser muito difícil – desde a chegada ao estacionamento até a entrada no estabelecimento.

Os portadores de deficiência pretendem mostrar também que mesmo com leis para implementação da acessibilidade em estabelecimentos públicos, poucos empresários se adaptaram a elas. Para dar visibilidade ao problema, será aplicada a multa e notificação cidadã em todos os estabelecimentos que não têm acessibilidade, como um alerta aos empresários. A notificação foi sugerida por Ronald Carvalho, portador de esclerose múltipla e cadeirante.

O governo do estado do Rio, as prefeituras paulistas de Diadema, Mauá e São Bernardo do Campo, as câmaras municipais, a Central Única dos Trabalhadores e outras entidades assinarão a adesão à Campanha Nacional da Acessibilidade. No Rio, a assinatura está marcada para as 10h, no Jardim de Inverno do Palácio Guanabara. Em São Paulo, será às 18h no Teatro Cacilda Becker.

O ministro da Secretaria Especial dos Direitos Humanos, Paulo Vannuchi, estará presente em duas atividades que marcam a data. Ainda nesta segunda-feira, em Campinas, onde haverá a abertura da Semana Nacional de Luta pelos Direitos da Pessoa com Deficiência, ele participa do evento Somos Todos Brasileiros, pela afirmação da cidadania. 

O Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência foi instituído em 2005 por meio da Lei 11.133.