Polonesa derrota russa em jogo com gosto de revanche

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 19 de janeiro de 2008 as 14:02, por: cdb

A vitória da polonesa Agnieszka Radwanska emprestou notoriedade no circuito feminino, em agosto do ano passado, quando eliminou a russa Maria Sharapova, então número dois do mundo, na terceira rodada do Aberto dos Estados Unidos. Por força do acaso, a jovem tenista de 18 anos encarou – e venceu – neste sábado a também russa Svetlana Kuznetosva, vice-líder do ranking de entradas da WTA, pela terceira rodada do Aberto da Austrália.

Na liderança de uma das chaves do campeonato, a atleta polonesa marcou seu ritmo durante toda a partida, de forma mais efetiva do que a russa Kuznetosva, segunda melhor do mundo. A performance classificou Radwanska para as oitavas-de-final, no Aberto da Austrália, com a vitória por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4, em 1h17 de duração. O resultado tem gosto de revanche para Radwanska que retornou o resultado contra a russa, seis meses depois. Isso porque as duas tenistas haviam se encontrado justamente na terceira rodada de Wimbledon-2007, e a russa despachou a polonesa por 2 a 0, com parciais de 6/2 e 6/3.

A vitória da polonesa, neste sábado, foi a primeiro em seu retrospecto com Kuznetsova e frustrou os sonhos da Rússia de ver duas de suas tenistas se encontrando nas oitavas-de-final do primeiro Grand Slam do ano. A próxima rival da polonesa sairá do duelo entre as russas Nadia Petrova, 14ª favorita, e Ekaterina Makarova. A partida estava inicialmente marcado para acontecer neste sábado, mas foi transferido para o domingo por causa das chuvas que caem na cidade de Melbourne.