Policiamento em 92 municípios do Rio será reforçado para eleição

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 1 de outubro de 2004 as 10:10, por: cdb

Nas eleições municipais de domingo, o Estado do Rio de Janeiro terá 29 mil homens envolvidos com o policiamento em 92 municípios. Segundo o chefe do setor de planejamento da Polícia Militar, tenente-coronel Carlos Alberto Costa, o número é 60% maior do que o efetivo de patrulhamento normal.

Apesar do reforço, a Secretaria de Segurança Pública informa que deixará em regime de prontidão os efetivos de 38 mil policiais militares e 12 mil policiais civis.

– A polícia não espera encontrar problema algum. Esperamos que a eleição transcorra dentro da normalidade. Agora, caso aconteça alguma anormalidade, a Polícia Militar está preparada para fazer a intervenção e coibir qualquer ação contrária à ordem pública – disse o tenente-coronel, ressaltando que os problemas mais comuns em eleições são as bocas de urna.

O tenente-coronel também afirmou que não haverá participação das forças armadas no Estado.

– Não houve solicitação do presidente do Tribunal Regional Eleitoral, Marcus Faver, para que isso acontecesse. Por isso só a Polícia Militar atuará aqui, em conjunto com o Corpo de Bombeiros, a Polícia Civil e a Guarda Municipal, mas sem tropas federais – acrescentou.

Por solicitação do TRE/RJ, a Polícia Militar do Estado do Rio dará atenção especial aos municípios de Belford Roxo, Campos, Casemiro de Abreu, Macaé, Quissamã, Carapebus, Porto Real, Quatis, São Fidélis, São Francisco de Itabapoana, São João de Meriti, Seropédica, Itaguaí, Japeri, Italva, Parati, Cardoso Moreira, Paracambi, Magé e Guapimirim.