Policial é ferido no aniversário de morte de Salvador Allende

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 12 de setembro de 2003 as 00:25, por: cdb

Um policial foi ferido por um coquetel molotov, em meio aos confrontos deflagrados na noite da última quinta-feira na periferia de Santiago, no aniversário dos 30 anos da morte do presidente chileno Salvador Allende e do golpe militar que instalou no país a ditadura do general Augusto Pinochet.

Os incidentes começaram quando grupos de manifestantes ergueram barricadas nos bairros de Estación Central, Lo Hermida, Recoleta e outros pontos da capital chilena.

Um agente da polícia dos Carabineiros teve queimaduras na perna esquerda, após ser atingido por um coquetel molotov, e foi levado para o hospital do bairro de Estación Central, a oeste de Santiago.

Segundo testemunhas, o manifestante que lançou o artefato foi detido. Nessa zona, centenas de manifestantes bloquearam as ruas próximas ao estádio Víctor Jara e a polícia recorreu a jatos de água e bombas de gás lacrimogêneo para dispersar o grupo.

Os distúrbios aconteceram após uma manifestação na Plaza de la Constitución, em frente ao Palácio Presidencial de La Moneda. O ato foi convocado pelo Partido Comunista para prestar homenagem ao presidente Allende, que se suicidou na sede de governo durante o golpe de 11 de setembro de 1973.