Policial civil é suspeito de assassinar empresário libanês em SP

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 20 de maio de 2003 as 18:07, por: cdb

Um policial da equipe A-Sul do DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa) é suspeito de assassinar o empresário libanês Jihad Ahmad Kassem, 33, em São Paulo.

Kassem desapareceu no último dia 12. O corpo foi encontrado no mesmo dia, na região de Parelheiros (zona sul) e levado para o IML (Instituto Médico Legal), mas, sem documentos, só foi identificado na última segunda-feira (19). O empresário foi assassinado com sete tiros.

Segundo uma testemunha, Kassem foi algemado e retirado de um café localizado na Vila Mariana (zona sul) por dois homens que se identificaram como policiais. O acusado foi apontado pela testemunha durante reconhecimento fotográfico.

Investigações

O acusado – que trabalha a aproximadamente dois anos na polícia – nega envolvimento no crime. Ele cumpre prisão temporária de cinco dias, com vencimento na próxima quarta-feira.

A motivação do assassinato ainda é desconhecida. A Corregedoria da Polícia investiga o caso.