Policiais ficam feridos em tiroteio no Complexo da Penha

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 22 de abril de 2015 as 13:30, por: cdb
 O policiamento na região foi intensificado. Policiais buscam os suspeitos de atirar nos agentes
O policiamento na região foi intensificado. Policiais buscam os suspeitos de atirar nos agentes

Dois policiais militares ficaram feridos na manhã desta quarta-feira durante um tiroteio na comunidade do Parque Proletário, no Complexo da Penha, na Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro. Segundo a assessoria de imprensa da Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) faziam um patrulhamento na comunidade quando se encontraram com criminosos.

Os policiais atingidos foram encaminhados ao Hospital Estadual Getúlio Vargas, localizado próximo à comunidade. De acordo com a assessoria de imprensa da CPP, os dois passam bem. O policiamento na região foi intensificado. Policiais buscam os suspeitos de atirar nos agentes.

Operação Lei Seca

Agentes da Operação Lei Seca prenderam, na noite desta terça-feira, um homem e apreenderam um menor de idade, em ação realizada na Avenida Saquarema, no Centro da cidade da Região dos Lagos.

Ao abordar o motorista Jorge da Silva Alves, o agente percebeu que o adolescente de 15 anos, que estava no banco do carona, realizou um movimento brusco no interior do veículo. Os dois passaram por revista, e com o menor de idade foi encontrado um revólver calibre 38, com numeração suprimida e cinco munições, além de R$ 100 e um celular. Com Jorge, os agentes encontraram R$ 4.493,00 em espécie, três cheques nos valores de R$ 237,50, R$ 462 e R$ 463 e um celular.

Jorge ainda se recursou a realizar o teste do etilômetro, pois havia ingerido bebida alcoólica. A dupla e o material apreendido foram encaminhados à 124ª DP (Saquarema). O veículo foi removido para o depósito.

A Operação Lei Seca é uma campanha educativa e de fiscalização, de caráter permanente, lançada em março de 2009, pela Secretaria de Estado de Governo do Rio de Janeiro. Desde então, em todo o estado, até a madrugada de 22 de abril de 2015, 1.852.154 foram abordados, 362.933 foram multados, 74.604 veículos foram rebocados e 130.042 motoristas tiveram a CNH recolhida. Os agentes realizaram 1.620.395 testes com o etilômetro, com 138.587 casos de alcoolemia.