Policiais federais decidem continuar em greve por tempo indeterminado

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 1 de outubro de 2012 as 20:30, por: cdb

Douglas Corrêa
Repórter da Agência Brasil
 

Rio de Janeiro – Parados há 55 dias, os policiais federais, papiloscopistas e escrivães da Superintendência da Polícia Federal (PF) no do Rio de Janeiro aprovaram por unanimidade, em assembleia esta tarde, a manutenção da greve por tempo indeterminado.

As três categorias decidiram que cumprirão a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) de manter um percentual mínimo de policiais para cumprir os serviços prestados pela PF. Eles também vão respeitar acordo firmado com a presidenta do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Cármen Lúcia, de manter as atividades durante as eleições, no próximo domingo (7).

A comissão de greve aguarda, no entanto, que a superintendência informe oficialmente o número de policiais que deverá ser requisitado para trabalhar no período eleitoral. Uma decisão definitiva deverá ser analisada em assembleia, nesta quarta-feira (3), na sede do Sindicato dos Servidores do Departamento da Polícia Federal no Estado do Rio de Janeiro.

 

Edição: Aécio Amado