Polícia negocia libertação de reféns em presídio de Minas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 21 de maio de 2003 as 15:40, por: cdb

Policiais militares aguardam a formação de um grupo de negociação por parte dos presos rebelados no presídio Nelson Hungria, em Contagem (MG). O objetivo é chegar a um acordo para que os cinco agentes mantidos como reféns sejam libertados.

O motim começou por volta das 11h, no pavilhão 2, onde ficam 103 detentos. Eles perceberam que um agente havia notado a presença de um celular em poder dos presos e, ao entrarem para as celas após o banho de sol, renderam o funcionário.

Segundo o governo de Minas, o presídio tem 750 presos e não está superlotado. De acordo com a Secretaria da Justiça, não houve registro de fugas nem feridos.

No final de março, uma rebelião na mesma penitenciária deixou um agente gravemente ferido. Segundo a secretaria, ele ainda está hospitalizado.