Polícia Federal prende militar pelo crime de pedofilia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 21 de março de 2015 as 16:01, por: cdb
A força tarefa de soldados e oficiais das Forças Armadas com a Polícia Federal na fronteira lançou mão de dados sigilosos
Conforme a nota, dados colhidos durante a investigação da PF apontavam o upload transnacional de imagens semelhantes

A Polícia Federal (PF) prendeu em flagrante no Rio de Janeiro um capitão de corveta da Marinha, de 40 anos de idade, que armazenava imagens pornográficas de crianças e adolescentes e as postava na internet, através da rede social Twitter.

De acordo com nota divulgada neste sábado pelo setor de comunicação social da PF no Rio, o preso foi indiciado pelo crime de pedofilia, com base no Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei 8069/90).

A prisão do militar ocorreu na manhã de sexta-feira, durante cumprimento de dois mandados de busca e apreensão no bairro da Ilha do Governador, zona norte do Rio. Os policiais federais constataram que o preso armazenava milhares de imagens com cenas de sexo explícito e pornografia envolvendo crianças e adolescentes.

Conforme a nota, dados colhidos durante a investigação da Polícia Federal apontavam o upload transnacional de imagens semelhantes. O investigado tinha seguidores na rede social que replicavam as imagens para a Europa e Estados Unidos.