Polícia de Taiwan coíbe jogadores de Pokémon GO no trânsito com multas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 11 de agosto de 2016 as 11:18, por: cdb

A polícia alertou os usuários para que não joguem no trânsito e está aplicando multas equivalentes a US$ 95 para motoristas de automóvel

Por Redação, com Reuters – de Taipé/São Francisco:

 

O lançamento do jogo Pokémon GO em Taiwan desencadeou um aumento significativo nas violações de trânsito causadas por pessoas que jogam em seus smartphones enquanto dirigem.

 

As autoridades emitiram 1.210 multas para uso de smartphone no trânsito entre o sábado passado, quando o game foi lançado em Taiwan, e a segunda-feira. Mais de 1,1 mil punições foram dadas a pilotos de scooter.

O lançamento do jogo Pokémon GO em Taiwan desencadeou um aumento significativo nas violações de trânsito
O lançamento do jogo Pokémon GO em Taiwan desencadeou um aumento significativo nas violações de trânsito

– O país inteiro está usando smartphones como louco para jogar esse jogo na internet – disse Yen San-lung, responsável pela aplicação da lei na divisão de tráfego do departamento de polícia da capital Taipei.

A polícia alertou os usuários para que não joguem no trânsito e está aplicando multas equivalentes a US$ 95 para motoristas de automóvel e de US$ 32 para condutores de scooter, de acordo com reportagens.

– Ao dirigir, é fácil se distrair ao usar o celular, e isso causa acidentes – argumentou Yen.

Os jogadores usam seus dispositivos portáteis para procurar personagens virtuais de Pokémon que parecem surgir em lugares onde se sabe que as pessoas se reúnem, como escritórios, restaurantes e museus.

No Zoológico de Taipei, era possível ver muitos visitantes usando seus telefones ao invés de observar os animais.

Clonagem

Grandes empresas de videogames, pegas desprevenidas pelo sucesso estrondoso de Pokémon Go, estão lutando para descobrir como embarcar na onda criada pelo jogo de realidade aumentada.

Quase uma dezena de executivos de empresas desde a Sony Corp e até a Rovio, criadora do Angry Birds, disseram que Pokémon Go será difícil de ser seguido e alguns mesmo chegaram a afirmar que pode não valer a pena tentar fazer isso. Com isso, não espera-se o surgimento de um rival para o game no curto prazo, afirmaram.

Executivos de estúdios de videogames afirmaram que centenas de desenvolvedores em suas companhias estão jogando Pokémon Go para entenderem como o jogo conseguiu capturar tanta audiência. O aplicativo é o mais baixado game para dispositivos móveis desde seu lançamento, em julho.

– Não é o momento certo para lançar uma experiência de realidade ampliada – disse Neil Young, presidente-executivo da produtora de jogos para dispositivos móveis N3twork Inc e ex-diretor geral da Electronic Arts. “O momento está meio que reservado para Pokémon Go, creio.”

Alguns executivos afirmaram que não vão copiar o jogo porque conta com o impulso da marca Pokémon e que carece de recursos sociais, como possibilidade de que os jogadores conversem entre si durante caçadas aos personagens.

Além disso, o sucesso de conseguir fazer os jogadores se mexerem é considerado brilhante pelo setor, mas difícil de ser replicado, bem como o uso hábil da tecnologia de mapas.

A Niantic, desenvolvedora de Pokémon Go, uma empresa oriunda do Google, não comentou o assunto.

Analistas calculam que o game está seguindo para faturar entre US$ 200 milhões e US$ 500 milhões em um ano. O número mais alto vai colocar Pokémon Go na lista dos 20 maiores jogos para dispositivos móveis, disse Michael Pachter, da Wedbush Securities.

– Apenas estamos arranhando a superfície ainda em realidade aumentada, disse David Haddad, presidente da Warner Bros Interactive Entertainment. A Warner Bros está nos estágios iniciais de desenvolver jogos de realidade ampliada e não tem planos de anunciar um novo título.