Polícia de Londres reitera inocência no caso Jean Charles

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 22 de janeiro de 2007 as 21:34, por: cdb

A Scotland Yard (polícia metropolitana de Londres) se declarou inocente, nesta segunda-feira, da acusação de que colocou a população britânica em perigo na ocasião do assassinato do eletricista brasileiro João Charles de Menezes.

A Scotland Yard está sendo acusada de desrespeitar a lei de saúde e segurança no trabalho, ao supostamente cometer erros na operação que resultou na morte do brasileiro.

Menezes foi morto pela polícia na estação de metrô de Stockwell, em Londres em julho de 2005. A polícia alegou ter confundido o eletricista com um terrorista.

A declaração de inocente foi feita pelo advogado do comissário de polícia que estava no comando da operação, Ian Blair. O comissário não compareceu à audiência desta segunda-feira no tribunal penal de Old Bailey, no centro de Londres.

O resultado do processo deve sair apenas em outubro.