Polícia comemora prisão de chefe do tráfico na Vila Aliança

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 16 de setembro de 2015 as 12:02, por: cdb

Por Redação, com agências – do Rio de Janeiro:

O Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), através do seu Setor de Inteligência, efetuou a prisão de Rafael Alves, vulgo “Peixe”. O bandido é apontado como sucessor do traficante “Matemático” nas comunidades da Vila Aliança e Senador Camará, em Bangu, na Zona Oeste do Rio.

Ele foi preso em um condomínio de luxo na Barra da Tijuca. No momento da prisão, “Peixe” ofereceu suborno de R$ 1 milhão e 15 fuzis à equipe do BOPE. O bandido estava acompanhado por um outro suspeito identificado como Marcos Antonio Sena de Andrade, o Lambão. Eles foram conduzidos para à 32ª DP (Taquara).

O bandido é apontado como sucessor do traficante “Matemático” nas comunidades da Vila Aliança e Senador Camará, em Bangu
O bandido é apontado como sucessor do traficante “Matemático” nas comunidades da Vila Aliança e Senador Camará, em Bangu

A polícia chegou até o traficante, de 32 anos, graças a informações passadas ao Disque-Denúncia pelo aplicativo de mensagem “Whatsapp dos Procurados”. Pela captura ou paradeiro de Peixe, era oferecida uma recompensa de R$ 20 mil.

Peixe, que também era conhecido como Flamengo, e que era integrante da facção Terceiro Comando Puro (TCP), fugiu após entrar no regime semiaberto em julho de 2009. Ele havia sido condenado por assalto a mão armada e formação de quadrilha.

Roubos em Nilópolis

Policiais do 20°BPM (Mesquita), na madrugada desta quarta-feira, no Bairro Cabral, detiveram um homem que ao praticar assaltos em uma moto, veio a colidir com um veículo. Ao conduzir o suspeito à 39ªDP, policiais do 41°BPM (Irajá) estavam na delegacia com uma mulher detida, que foi reconhecida pelas vítimas como comparsa que estava na garupa também efetuando assaltos.

No final da tarde de terça-feira, na comunidade Muquiço, policiais do 14°BPM (Bangu), apreenderam uma granada, uma pistola 9mm, um rádio transmissor, 290 sacolés de cocaína, 142 papelotes de maconha. Na ocasião houve troca de tiros e um suspeito foi baleado e socorrido para Hospital Estadual Albert Schweitzer.