Polícia Civil realiza esquema operacional para os Jogos Olímpicos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 3 de agosto de 2016 as 14:21, por: cdb

Também há planejamento especial para atendimento ao turismo, hotelaria, representações estrangeiras e atuação dos Núcleos de Atendimento

Por Redação, com ARN – do Rio de Janeiro:

 

Para aumentar a capacidade de atendimento ao público durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos, a Polícia Civil realizou um planejamento operacional, reforçando o efetivo em todas as delegacias localizadas próximas às áreas do evento, que começa nesta sexta-feira.

Polícia Civil realizou um planejamento operacional, reforçando o efetivo em todas as delegacias
Polícia Civil realizou um planejamento operacional, reforçando o efetivo em todas as delegacias

As regiões olímpicas da Barra da Tijuca, do Maracanã, de Copacabana e de Deodoro receberão reforços. Quatro delegados vão atuar como coordenadores de Comando e Controle Regional em cada área. Além das funções de polícia judiciária, realizar investigações e repressão qualificada aos crimes inerentes ao evento e atuar em missões táticas específicas, bem como na área de Inteligência, as unidades contarão com atendimento bilíngue.

As delegacias que compõem os Centros de Controle e Comando Regional são 16ª e 42ª DPs (Barra da Tijuca); 9ª, 10ª, 12ª, 13ª, 14ª e 15ª DPs (Copacabana); 33ª DP (Deodoro); e 6ª, 18ª, 20ª e 24ª DPs (Maracanã). A 42ª DP atuará no Parque Olímpico, onde haverá perícia criminal; a 18ª DP, no estádio do Maracanã; a 24ª DP, no estádio do Engenhão; e a 33ª DP, na Vila Militar, onde terá ainda perícia criminal. A 29ª (Madureira) e a 35ª (Campo Grande) contarão com atendimento especial.

Unidade móvel

Haverá ainda uma delegacia móvel ao lado do antigo Museu do Índio, no Maracanã. As ocorrências envolvendo multidões serão encaminhadas para a Cidade da Polícia, no Jacaré.

Também há planejamento especial para atendimento ao turismo, hotelaria, representações estrangeiras e atuação dos Núcleos de Atendimento ao Turista (NATEs), que contam com policiais com fluência em outros idiomas. A Delegacia Especial de Atendimento ao Turista (DEAT) prestará o atendimento necessário aos estrangeiros.