Polícia cerca quadrilha de assaltantes de banco no Pará

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 3 de maio de 2003 as 21:15, por: cdb

Os 30 homens que assaltaram o Banco do Brasil e o HSBC em Redenção, no sul do Pará, na manhã desta sexta-feira, foram localizados por tropas da Polícia Militar e cercados na floresta próximo ao povoado Casa de Tábua, em Santa Maria das Barreiras, perto da fronteira com Mato Grosso.

Para evitar que os bandidos cheguem ao povoado e tomem os moradores como reféns, a PM montou barreiras nas estradas que cortam a rodovia BR-158. Quem passa de carro tem o veículo revistado e é obrigado a saltar para apresentar os documentos. Cerca de 120 policiais militares participam da busca aos bandidos.

Dois dos quatro veículos utilizados na fuga de Redenção foram recuperados. Eles estavam abandonados na localidade de Saiema, a 60 km da sede do município. A polícia apurou que uma das caminhonetes foi roubada pelo bando em Palmas, no Tocantins. A perícia nos carros será feita segunda-feira, em Marabá.

No final da tarde de sábado, os 50 reféns de Redenção começaram a prestar depoimento à polícia. Alguns, ainda muito abalados, pediram para não ter os nomes divulgados pela imprensa.

Em Belém, o governador Simão Jatene (PSDB) se reuniu durante a tarde com os responsáveis pela área de segurança pública do Estado. Ele afirmou que a ordem transmitida à PM é de agir com todo o rigor para prender a quadrilha. “Nós só sossegaremos quando todos estiverem na cadeia”, disse.