PMs são suspeitos de planejar morte de fiscal do Detro

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 22 de janeiro de 2008 as 21:19, por: cdb

A Corregedoria da Polícia Militar vai investigar dois PMs que teriam mandado executar um major da corporação. O oficial alvo do plano atua como fiscal do Departamento de Transportes Rodoviários (Detro) e foi responsável pela apreensão de kombis durante uma fiscalização do transporte irregular no dia 14 de janeiro.

O Detro elaborou um dossiê, baseado em informações do Disque-Denúncia, e entregou uma cópia ao governador Sérgio Cabral.

Segundo o presidente do Detro, Rogério Onofre, quatro oficiais da PM que atuam na fiscalização do transporte irregular no Rio vêm sofrendo ameaças de morte. Onofre prometeu que as operações vão continuar, apesar da pressão que policiais fardados têm feito para acabar com a repressão à máfia das vans.

— Nós não vamos nos submeter a intimidações, seja de máfia de cooperativa, seja de policiais fardados que tentam intimidar a ação de repressão. Essas ações transcendem o Detro, por serem também uma política de segurança pública, na medida em que combatem organizações criminosas —, declarou o presidente do Detro, que é acompanhado diariamente por quatro seguranças.