PM negocia fim de rebelião em MG na manhã desta segunda-feira

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 10 de novembro de 2003 as 08:58, por: cdb

A polícia retomará a negociação com os detentos do Centro de Remanejamento de Presos (Ceresp) de Betim, em Minas Gerais, na manhã desta segunda-feira. Eles promoveram uma rebelião por volta das 19h30 de ontem. Duas pessoas são mantidas reféns, sendo um detetive da polícia civil e um agente penitenciário. As negociações foram suspensas na madrugada deste domingo.

Conforme informações da Polícia Militar, os presos teriam três armas: um revólver calibre 38, uma pistola e uma escopeta. Mais de 100 homens da PM, com o reforço de um helicóptero, cercaram o presídio para evitar uma fuga em massa.

O Corpo de Bombeiros teve que ser chamado para apagar o fogo ateado aos colchões. O comandante do 33º Batalhão da PM, sediado em Betim, coronel Valdemar Roberto, informou que os presos destruíram quase todas as celas e que tomaram conta da parte interna do Ceresp.

Conforme a Polícia Civil, o Ceresp de Betim tem capacidade de 400 detentos, mas abrigava 700. No mês passado dois adolescentes morreram no interior da carceragem.