Plenário da Câmara fica lotado em audiência sobre pirataria de CD

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 8 de abril de 2003 as 16:42, por: cdb

O Plenário 12 da Câmara dos Deputados, onde está sendo realizada audiência pública conjunta das Comissões de Trabalho e de Ciência e Tecnologia para discutir os efeitos do mercado informal de CD sobre a indústria fonográfica, está completamente lotado por populares que desejam ver os artistas que também participam da sessão.

Há pouco, alguns rapazes gritaram no plenário “viva o CD pirata”, enquanto o diretor geral da Associação Brasileira dos Produtores de Disco (ABPD) fazia uma explanação sobre as consequências da pirataria de disco no mercado de trabalho e a arrecadação de impostos.

Esta manifestação fez o cantor e compositor Gabriel, o Pensador, pedir a palavra ao presidente da Comissão de Trabalho, deputado Luiz Antonio Medeiros (PTB-SP). O compositor sugeriu aos manifestantes que prestassem atenção no que estava sendo dito naquele momento “antes de fazer qualquer gracinha”. Acrescentou que manifestações como essa mostram como será difícil a conscientização das pessoas quanto à necessidade de se combater a pirataria de CDs, que é responsável, por exemplo, pelo desemprego de 56 mil trabalhadores no período de 1997 a 2002.