Plano deve melhorar administração dos aeroportos brasileiros

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 11 de março de 2010 as 12:03, por: cdb

Um plano para acelerar os investimentos e melhorar a administração nos aeroportos brasileiros está em elaboração pelo governo, confirmou nesta quarta-feira o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo. Ele informou, no entanto, que as ações em estudo não incluem, por enquanto, a privatização de terminais.

Para orientar os trabalhos, um estudo com o diagnóstico dos aeroportos brasileiros foi entregue ao ministro da Fazenda, Guido Mantega. Além de Paulo Bernardo, participaram da reunião os presidentes do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, e da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), Murilo Marques Barboza.

Segundo Paulo Bernardo, será convocado um grupo de trabalho que definirá as ações a serem tomadas. Ele não informou detalhes dos estudos nem das medidas em discussão, mas declarou que as ações se concentrarão na melhoria da administração e das condições de trabalho nos aeroportos e na ampliação dos investimentos no setor.

Em relação aos investimentos, o ministro do Planejamento afirmou que o foco, a princípio, consiste em acelerar as obras já programadas. Ele negou ainda a privatização de aeroportos no curto prazo.

Os investimentos serão importantes para o Brasil receber os visitantes da Copa do Mundo de 2014.

Sobre o estudo elaborado pelo governo, Paulo Bernardo destacou que o maior gargalo no setor aéreo brasileiro é o Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo.

– O ponto nevrálgico está em Guarulhos, mas a situação se reproduz em outros aeroportos –, declarou.