Piloto se irrita e decola sem passageiros em Israel

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 12 de maio de 2003 as 16:51, por: cdb

Um piloto tcheco, irritado com a lentidão deliberada causada por um protesto de funcionários de um aeroporto israelense, voltou para Praga nesta segunda-feira sem passageiros e levando bagagens, informou um porta-voz aeroportuário.

O piloto da CSA Czech Airlines, que aterrissou no aeroporto internacional de Israel, no subúrbio de Tel Aviv, às 5h15 (23h15 de do último domingo em Brasília), deveria fazer o vôo de volta 45 minutos mais tarde.

Mas após esperar duas horas e meia para que funcionários do aeroporto descarregassem e recarregassem seu avião, no entanto, ele desistiu e decolou.

– Ele (o piloto) esperou bastante, e depois obteve aprovação das autoridades tchecas para partir sem passageiros para Praga -, afirmou o porta-voz da Autoridade dos Aeroportos de Israel, Pini Schiff.

Lentidão

– Eles permitiram que 82 passageiros desembarcassem, mas nenhum funcionário tiraria a bagagem do avião. Então nós voamos de volta e transportaremos a bagagem para Tel Aviv mais tarde -, disse o porta-voz da CSA Vaclav Kral, em Praga.

Ele acrescentou que cerca de 30 passageiros que deveriam voltar para Praga ficaram em Tel Aviv.

A “operação tartaruga” no aeroporto foi convocada pela federação trabalhista israelense Histadrut, em protesto contra os planos do governo de reduzir os gastos públicos em US$ 2,4 bilhões, por meio de corte de empregos e salários.