PIB recua 1,6% e mostra Brasil em recessão

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 28 de agosto de 2003 as 11:40, por: cdb

 PIB (Produto Interno Bruto, a soma de riquezas produzidas pelo Brasil) apresentou, no segundo trimestre deste ano, retração de 1,6% em relação aos primeiros três meses de 2003. Como este é o segundo trimestre consecutivo de recuo da economia, o País está, tecnicamente, em recessão (período de declínio na taxa de crescimento econômico).

O resultado do primeiro trimestre foi revisado de uma queda de 0,1% para contração de 0,6%, informou o IBGE na manhã desta quinta-feira. De acordo com os números divulgados, também houve encolhimento do PIB de 1,4% no segundo trimestre de 2003 contra o segundo trimestre de 2002.

A indústria puxou a queda em relação ao primeiro trimestre, com recuou de 3,7%, seguida pela agropecuária, com queda de 1,2% e serviço, com recuo de 0,3%. Na comparação com o segundo trimestre de 2002, somente a agropecuária apresentou resultado positivo, com crescimento de 3,2%, enquanto a indústria recuou 3,6% e o setor de serviços ficou estável.

O resultado do segundo trimestre ficou bastante abaixo das projeções de analistas ouvidos em pesquisa Reuters. A previsão média era de que o PIB apresentasse contração de 0,68% em relação aos primeiros meses do ano, enquanto a mediana das projeções apontavam para uma contração de 0,53%. Em relação ao segundo trimestre do ano passado, as estimativas apontavam para um crescimento de 0,6%.