PIB deve crescer de 2,5% a 3% no quatro trimestre, diz Guido Mantega

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 28 de novembro de 2003 as 18:36, por: cdb

O ministro do Planejamento, Guido Mantega, disse que o último trimestre deste ano deve registrar um crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) entre 2,5% e 3%. Segundo ele, 2003 deve fechar com o PIB registrando 0,4% de crescimento, devido à revisão feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) este ano tendo como base o PIB em 2002.

O ministro participou na tarde desta sexta-feira de assinatura de convênio, na sede da Central Única dos Trabalhadores (CUT). O convênio prevê que 1,8 milhão de funcionários públicos federais poderão fazer empréstimos pessoais consignados em folha de pagamento. O Ministério vai acertar o parâmetro dos empréstimos com o Banco do Brasil na próxima semana. Segundo Mantega, o objetivo é facilitar a aquisição de empréstimos já que “há muitos anos os salários dos trabalhadores não são elevados”.

O presidente nacional da CUT, Luiz Marinho, ressaltou que esse convênio é resultado de negociação feita na Mesa de Negociação Permanente, criada pelo governo federal, em que são negociadas as principais reivindicações dos trabalhadores.

Segundo Marinho, o convênio vai permitir “trocar uma dívida cara por uma dívida barata”. Segundo ele, a taxa de juros anual para sócios vai variar de 23% a 39% ao ano e para os não sócios, ou seja, não sindicalizados, a taxa vai variar de 27% a 47% ao ano.