PFL tentará derrubar aumento de impostos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 8 de maio de 2003 as 11:21, por: cdb

O PFL promete repetir no Senado a estratégia adotada pela bancada do partido na Câmara na votação a Medida Provisória 107. O presidente do partido, senador Jorge Bornhausen (SC), informou que a bancada pefelista tentará derrubar o aumento, de 12% para 32%, da base de cálculo da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) para as prestadoras de serviços, bem como o aumento, de 3% para 4%, da Cofins para as instituições financeiras. As duas medidas significam um aumento annual de R$ 2 bilhões na arrecadação do governo.

Segundo Bornhausen, o líder do PFL no Senado, José Agripino (RN), vai conversar com outras lideranças partidárias para tentar uma posição comum contra essas medidas.

– Vamos fazer tudo para derrubar essas propostas – disse Bornhausen, que está participando da convenção nacional do PFL, que se realiza no Auditório Petrônio Portella do Senado, destinada a eleger o diretório nacional e a executiva do partido.

Bornhausen será reconduzido à presidência do partido.