PF prende promotor e advogado por extorção em Roraima

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 11 de maio de 2007 as 21:37, por: cdb

O promotor Pedro Xavier Coelho Sobrinho, membro do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios, e o advogado Antônio Agamenon de Almeida foram presos nesta sexta-feira pela Polícia Federal (PF) em Boa Vista (RR), pelo crime de extorsão.

De acordo com nota oficial divulgada pela Superintendência da PF de Roraima, o promotor e o advogado foram pegos em flagrante, no momento em que exigiam de um empresário local R$ 350 mil, mediante grave ameaça de fiscalização e prisão.

O crime ocorreu por volta das 13 horas. Os policiais federais chegaram à casa do empresário momentos depois de os acusados terem deixado o local. O próprio empresário, cujo nome não foi divulgado pela PF, havia feito a denúncia.

No momento da prisão, os dois estavam com R$ 100 mil em espécie e um cheque de R$ 250 mil. Eles deverão depor ainda hoje ao delegado Cláudio Lima de Souza, responsável pela apuração do crime.

De acordo com a PF, a pena pelo crime de extorsão é a reclusão por quatro a dez anos, além de multa.